Revista RELACult é Qualis B2

A RELACult – Revista Latino-Americana de Estudos em Cultura e Sociedade (e-ISSN 2016/Atual: 2525-7870 | e-ISSN 2015/2016: 2447-018X), principal meio de divulgação científica do CLAEC, tendo caráter multidisciplinar, alcançou na avaliação quadrienal (2013-2016) da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), o Qualis B2 na área de ensino. A partir desta estratificação, a RELACult está reafirmando a sua qualidade científica e acadêmica, consolidando-se como um dos principais periódicos científicos do Brasil.

Para Bruno Marcelino, editor-chefe da RELACult e também da Editora CLAEC, “a evolução da estratificação de B4 para B2  na área de Ensino demonstra o empenho da equipe editorial, por meio da coordenação técnica, conselho editorial e pareceristas ad hoc, em transformar o periódico referência na América Latina”, explicou.

A avaliação do Qualis CAPES tem como principal objetivo verificar a qualidade das produções intelectuais dos programas de pós-graduação stricto senso, por meio da avaliação dos periódicos em que essas produções são publicadas. O sistema de avaliação é subdividido em oito estratos que refletem os níveis de qualidade:

  • A1 e A2 – Excelência internacional
  • B1 e B2 – Excelência nacional
  • B3,B4 e B5 – Relevância média
  • C – Baixa relevância

Além da área de Ensino (B2), a RELACult obteve estratificação nas seguintes áreas: Ciência Política e Relações Internacionais (B5), Ciências Agrárias I (B5), Ciências Biológicas II (C), Comunicação e Informação (B5), Direito (C), História (C), Letras/Linguística (B5) e Sociologia (C).

A RELACult é uma publicação quadrimestral e multidisciplinar que dedica-se a difundir artigos originais, relatos inéditos de pesquisa, resenhas de livros de destaque, textos acadêmicos e científicos, entrevistas com pessoas que são referência no mundo acadêmico-científico-cultural, traduções de livros e artigos de relevância acadêmica e, eventualmente, documentos especiais. As edições tem como conceito propostas que debatam criticamente reflexões e estudos em cultura na América Latina e Caribe.

Sua missão é a difusão do conhecimento e do pensamento crítico gerado por acadêmicos e pesquisadores que possuem produções sobre a América Latina e Caribe, dando ênfase à originalidade e inovação nos conceitos e nas propostas. São seus principais objetivos:

  • Fomentar publicações de trabalhos acadêmicos de estudantes, docentes e pesquisadores que trabalhem nas áreas das Ciências Humanas, Sociais e das Linguagens, Letras e Artes.
  • Explorar e desvendar as fronteiras territoriais e disciplinares na produção de conhecimentos que demonstrem a diversidade de costumes, ideias e modos de vida dos cidadãos dos países integrantes da América Latina e Caribe.
  • Promover o debate e o compartilhamento de experiências relacionadas à produção cultural, aos direitos humanos e cidadania, à educação, à integração cultural latino-americana, da sustentabilidade sociocultural, das políticas públicas em cultura, entre outras temáticas afins com as áreas de conhecimento do periódico.