Vem ai o Latinidades!

 

Latinidades – Fórum Latino-Americano de Estudos Fronteiriços: cultura, arte, literatura e educação busca promover diálogos a partir de correlações conceituais entre as epistemologias do Sul disseminadas pelas seguintes vertentes teóricas: pós-colonialidade/pós-colonialismo, pós-ocidentalismo, subalternidade, descolonialidade/decolonialidade, pensamento fronteiriço e as linguagens/línguas, culturas, artes, literaturas e educação. Para isso, o evento disporá de três eixos temáticos atravessados respectivamente pelas temáticas: EIXO 01: LITERATURAS, LÍNGUAS E LINGUAGENS EIXO 02: CULTURAS, ARTES E SOCIEDADES EIXO 03: EDUCAÇÃO, PEDAGOGIAS E ENSINO A escolha por uma semana dedicada à América Latina se justifica pela necessidade de trazer à escuta vozes, saberes, conhecimentos, linguagens, pesquisas, literaturas, artes, pedagogias, sensibilidades e corpos-corpus outros alocados nas exterioridades das fronteiras e dos loci geoistóricos e epistemológicos enunciados a partir das diversalidades, diferenças/feridas coloniais, ecologias dos saberes, colonialidade do poder e da interculturalidade. Espera-se, portanto que os interessados estejam concatenados às vertentes preditas com trabalhos (resumos expandidos ou relatos de experiências além de artigos completos) que versem sobre/a partir das vicissitudes conceituais latino-americanas entremeadas pelas experivivências de pesquisadores cuja criticidade está aquilatada a partir do lócus enunciativo de onde se habita, (sobre)vive, re-existe, pensa e escre(vi)ve. O evento ocorrerá de forma totalmente online entre os dias 22 e 24 de setembro deste ano! Confira as principais informações:

Envio de trabalhos

Poderão ser submetidos resumos expandidos, relatos de experiências e artigos em português ou espanhol. Todos os trabalhos recebidos poderão ser apresentados, porém a publicação nos anais está condicionada à prévia aprovação pela Comissão Organizadora. Ao se inscrever como comunicador você poderá optar pelo envio de resumos expandidos/relatos de experiências (mínimo de 02 páginas e máximo de 05 páginas)  ou artigos (mínimo 10 páginas e máximo 20 páginas). Sua estrutura deverá contemplar: (I) Título conciso e coerente; (II) Resumo simples de até 300 palavras; (III) Até 5 palavras-chave; (IV) Introdução evidenciando o problema estudado, sua relevância e objetivos; (V) Metodologia relatando o processo de estudo, etapas, materiais e técnicas; (VI) Resultados encontrados ou esperados; (VII) Conclusão e reflexão sobre a contribuição e impacto para a área de conhecimento; (VIII) Principais referências que foram e serão utilizadas. Os trabalhos serão avaliados sob os seguintes critérios: (I) Concordância com as diretrizes fixadas; (II) Originalidade e relevância; (III) Adequação metodológica e/ou técnica; e (IV) Adequação das referências. Cada eixo temático poderá selecionar até 5 (cinco) artigos como destaques e receberão certificação especial, também terão a possibilidade de publicação na edição especial na RELACult.

Publicações

Os trabalhos apresentados e recomendados para publicação pela Comissão Organizadora serão publicados nos seguintes formatos: (I) Resumos simples: Publicados no sistema de eventos e receberão código ISSN; (II) Resumos expandidos, relatos de experiências e artigos: Publicados nos anais do evento, registrado no ISSN. Os artigos dos trabalhos destaques de cada eixo temático, além de comporem os anais, serão publicados em uma edição especial da RELACult – Revista Latino-Americana de Estudos em Cultura e Sociedade [e-ISSN 2525-7870] e receberão código DOI.

Eixos temáticos e subtemáticos

No #Latinidades, em cada sala virtual de apresentação de trabalhos haverá coordenadores, esses por sua vez, mediarão às apresentações, realizarão comentários e fomentarão o diálogo.

Eixos Temáticos Resumo e Subtemas
EIXO 01: LITERATURAS, LÍNGUAS E LINGUAGENS Esta proposta temática vislumbra pensar as literaturas, línguas e linguagens no bojo contemporâneo de visadas epistemológicas outras, sendo essas as emergentes não mais do Primeiro Mundo, da modernidade-colonialidade e/ou exclusivamente ocidental, mas, sim, do pensamento fronteiriço, da decolonialidade/descolonialidade e dentre outras criticidades latino-americanas corroboradas pelo ensejo terceiro-mundista. Dentre os subtemas propostos nesse eixo temático, apresentam-se: hibridismo; crítica biográfica; exterioridade; bilinguajamento; transculturação; interculturalidade; entre-lugar; escrevivência; biolócus; corazonar; fronteira; epistemologias do Sul; desobediência epistêmica; opção descolonial; línguas/linguagens/latinas; literaturas pós-coloniais.
EIXO 02: CULTURAS, ARTES E SOCIEDADES O objetivo deste eixo temático é promover e disseminar as culturas, faces artísticas e sociedades destituídas dos grilhões estéticos da modernidade/colonialidade responsáveis por incutir demarcações belo-eurocêntricas contrapostas pela(s) visada(s) do Sul global-metafórico. Essa proposta está abalizada na contracorrente do processo estetizante ocidental o qual foi responsável por crivar as valorizações assimétricas do si-mesmo/do-outro, do que que é/era arte/não-arte, humano/não-humano e/ou diferenças culturais/coloniais. Nesses meandros discutíveis, descortinam-se os subtemas: experivivências; aesthesis; biogeografias; paisagens; fronteira; transculturalidade; colonialidade do poder; arte contemporânea; razão subalterna; gnose liminar; aiesthesis (bio)descolonial; grafite; arte indígena/quilombola; geopolítica; corpo-política.
EIXO 03: EDUCAÇÃO, PEDAGOGIAS E ENSINO As perspectivas concernentes deste eixo se preconizam pelas circunstanciadas propostas educacionais as quais imbricam uma pedagogia outra chancelada pela emergência do descolonizar o saber/sentir/pensar/enunciar coadunado às metodologias ativas contemporâneas de ensino. As pedagogias não-modernas qualificam a teorização cujo saber remonta às tensões educacionais na América Latina condicionadas aos subtemas: metodologias ativas; pedagogia do oprimido; identidade em política; des/colonizar a universidade; pedagogia descolonial; ensino superior, médio, fundamental e educação infantil; desprendimento; pensamento fronteiriço; gramática descolonial; (des)ordem; formação continuada.

(1) Fica reservado aos coordenadores dos Eixos Temáticos a solicitação de realocação compulsória de trabalhos que não dialoguem com a temática. (2) Cada inscrito(a) no congresso poderá apresentar e publicar até 1 resumo expandido ou relato de experiência além de 1 artigo completo.

Programação completa:

https://bit.ly/latinidades2020


Modalidades de inscrição, prazos e meios de pagamento  

Modalidade Valor
Ouvinte (Graduação) R$ 30,00
Ouvinte (Pós-Graduação) R$ 40,00
Ouvinte (Pós-Graduado e demais) R$ 50,00
Comunicador(a) (Graduação) R$ 60,00
Comunicador(a) (Pós-Graduação) R$ 100,00
Comunicador(a) (Pós-Graduado(a) e Demais) R$: 150,00
Instituições Conveniadas, Associados(as) CLAEC e Cadastro Único 50% DE DESCONTO NA MODALIDADE ESCOLHIDA

 Envio dos trabalhos: 24/08/2020

Meios de pagamento: O pagamento deverá ser efetuado à vista via depósito/transferência bancário/a no Banco Votorantim ou cartão de crédito utilizando o PayPal.